Sabia que a terceira Cachoeira mais alta do Brasil e a mais alta de minas Gerais está acessível por trilhas? São 273 metros para se apreciar tanto por baixo como por cima. Conhecemos a Cachoeira do Tabuleiro pela trilha ao seu poço, parte baixa, e viemos contar tudo para vocês.

Parque Natural Municipal do Tabuleiro

A cachoeira do Tabuleiro está localizada no Distrito de Tabuleiro, a 19 quilômetros da sede de Conceição de Mato Dentro. Para àqueles que estão hospedados na Serra do Cipó (nosso caso), Santana do Riacho, fica a aproximadamente 110 quilômetros (logo ali).

Se preferir se hospedar mais próximo do Parque temos algumas opções, mas nós nos hospedamos em uma Pousada super aconchegante e próxima do Parque Serra do Cipó, a Rancho Cipó, que nos permitiu fazer alguns passeios!

 

As trilhas da Cachoeira do Tabuleiro estão no Parque Natural Municipal do Tabuleiro. São três opções de trajetos: trilha para alta Cachoeira (vista de cima), com 8 quilômetros de percurso pesado; a Poço Cachoeira (parte baixa – vista de baixo) com 2,5 quilômetros de trajeto e a trilha para o Mirante.

Placa para Trilha do Poço da Cachoeira do Tabuleiro
Placa para Trilha do Poço da Cachoeira do Tabuleiro

A taxa de visitação é de R$ 10,00 por pessoa e você contribui para a boa manutenção do Parque. Diariamente está aberto ao público das 8:00h às 17:00h, só dependendo das condições climáticas. O acesso para a Parte Alta é só até às 11:00h para ter tempo hábil de retornar. O número de visitantes também é limitado pelo Parque, então chegue cedo para garantir sua aventura.

Na entrada do parque também é oferecido um colete salva-vidas caso você deseje banhar no poço da Cachoeira. O poço pode chegar a 20 metros de profundidade e dependendo do dia tem correnteza igual de mar por ser uma área bem grande. A tranquilidade de poder boiar no poço com segurança supera o pequeno peso.

Conhecendo mais de Minas? Leia Também:

 

O que levar para trilha

  • Protetor solar;
  • Repelente;
  • Toalha (de preferência àquelas de secagem rápida e super absorvente);
  • Sacolinha para lixo e para roupas molhadas;
  • Meia extra para entrar na cachoeira ou papete (apesar que é bem funda e não tem muitas pedras na borda para entrar “aos poucos”);
  • Água, pelo menos 1,5L por pessoa;
  • Lanches leves e energético (caso sinta necessário);
  • Roupa de banho;
  • Chinelo para depois da caminhada;
  • Câmera fotográfica para registar esse momento com muita alegria!

Aconselhamos o acompanhamento de um guia. Fomos com o Rodrigo do Trilhas do Cipó e não nos arrependemos. Além de muito conhecimento sobre o local e o caminho é um amante da natureza. Digo isso pois é muito bonito ver uma pessoa que já fez essa trilha tantas vezes ainda se admirar e curtir a beleza do local.

Trilha para o Mirante da Cachoeira do Tabuleiro

A parte alta da Cachoeira é uma trilha bem longa e com certo grau de dificuldade, então optamos por fazer a parte baixa da Cachoeira e o Mirante. Primeiramente fomos ao Mirante da Cachoeira do Tabuleiro. Subindo aproximadamente 200 metros você já estará lá e poderá apreciar a cachoeira de longe.

Se você chegou cedo e o sol começou a iluminar a cachoeira você irá presenciar algo incrível e muito belo. Dependendo da posição do sol, metade da cachoeira ficará iluminada e a outra metade em sombra, assemelhando um coração com cada metade de uma cor. É lindo! Mas no dia que fomos estava bem nublado, então não tivemos essa oportunidade.

Mirante da Cachoeira do Tabuleiro
Mirante da Cachoeira do Tabuleiro

Na trilha para o Mirante você também encontrará várias flores típicas da região, como a Pepalantus, originária do Cerrado brasileiro. Canela de Ema também é encontrada em abundância na trilha e muitas outras.

Pepalantus na trilha para cachoeira do Tabuleiro
Pepalantus

Trilha para o Poço da Cachoeira do Tabuleiro

Retornando para o ponto de partida de todas as trilhas, seguimos dessa vez em direção ao poço da Cachoeira do Tabuleiro. Seu percurso é de aproximadamente 2,5 quilômetros. O primeiro trecho sendo escadas (infinitas) e uma parte sobre pedras até o poço.

Descemos as escadas sem nenhuma dificuldade, mas já antecipamos a volta. Se estamos descendo tudo isso vamos ter que subir tudo de volta né? É! A descida foi cansativa, mas há vários pontos para descanso caso ache necessário. Há inclusive um mirante com banquinhos muito fofo. Rs.

Inicio da trilha para o poço da Cachoeira do Tabuleiro
Inicio da trilha para o poço da Cachoeira do Tabuleiro
Escadas para o Poço da Cachoeira do Tabuleiro
Escadas para o Poço da Cachoeira do Tabuleiro

Outro detalhe que vale lembrar é que a trilha foi recém reformada e trechos considerados difíceis agora estão mais amenos com as escadas. O Parque está investido pesado em melhorias na infraestrutura e acesso à cachoeira. A taxa de visitação aqui está sendo bem utilizada e adoramos ver lugares assim.

A parte das pedras é um pouco mais complicada, principalmente pra quem tem pernas curtinhas, mas nada surreal de difícil. Você irá subir, descer, atravessar alguns trechos de água, etc. Vá com calma, preste atenção onde pisa, e siga as setinhas  vermelhas no chão.

Leito do Rio e Caminho das Pedras para o Poço da Cachoeira do Tabuleiro
Leito do Rio e Caminho das Pedras
Chegando no Poço da Cachoeira do Tabuleiro
Chegando no Poço da Cachoeira do Tabuleiro

A trilha é muita exposta ao sol, então capriche no protetor solar. Eu estou optando por usar sempre camisa de manga comprida com proteção solar e está ajudando muito. Ela é leve, protege bem do sol e respira bem. Uso as da marca Kalenji que você encontra em qualquer loja Decathlon.

Poço da Cachoeira do Tabuleiro

Atravessando todas as pedras você irá chegar ao poção da Cachoeira do Tabuleiro. Digo poção pois é enorme mesmo. Muito largo, muito profundo e muito lindo. Se trouxe o colete salva-vidas nade tranquilo e desfrute desse paraíso.

Poção e Cachoeira do Tabuleiro
Poção e Cachoeira do Tabuleiro

Ficamos boas duas horas só admirando tudo aquilo. É uma beleza surreal. Assistimos as mudanças repentinas da queda d’água devido ao vento. Assistimos o paredão da cachoeira mudando de cor de marrom para 50 tons de amarelo quando batia o sol. Enfim, é uma experiência incrível e merece ser contemplada.

Aqui queremos dar uma dica esperta de fotografia. Adianto que é quase impossível tirar uma foto de celular em pé pois a Cachoeira é muito alta. Para ter noção, dói o pescoço ficar olhando para o topo. Resolvi até deitar em uma pedra para fazer isso. Então, aqui vai nossa sugestão, tire foto panorâmica com o celular deitado. Só lembre que o modelo que aparecerá na foto não pode se mexer. Rs.

Volta na trilha da Cachoeira do Tabuleiro

Bem descansado? Bem hidratado? Bem alimentado? Perfeito! Vamos pra subida.

Você irá percorrer o caminho de volta nas pedras com o mesmo cuidado e atenção.

Antes de chegar na escadaria, aproveite para descansar caso ache necessário. A partir desse ponto serão vários degraus até a portaria. Mas não se preocupe, faça no seu tempo e pare para respirar caso a subida esteja muito pesada para você.

Sempre dê uma espiada na Cachoeira. Na luz da tarde ela fica ainda mais linda. Tem uma hora que toda floresta ao redor da Cachoeira estará com sombras e o paredão da cachoeira estará com luz. Ficará um coração perfeito, digno de muito amor.

Cachoeira do Tabuleiro em coração no final da tarde
Cachoeira do Tabuleiro em coração no final da tarde

A trilha para a Cachoeira do Tabuleiro é bem cansativa, mas aposto que você irá curtir cada segundo.

Resumão da Trilha Cachoeira do Tabuleiro parte baixa

  • Nível de dificuldade: #PAtrilhamoderada (Já conhece nossas classificações? Fique familiarizado clicando aqui).
  • Duração da trilha: 2-3 horas ida e volta;
  • Obstáculos: trechos de terreno irregular de pedras e muitos trechos com exposição ao sol. Não há nenhum obstáculo técnico.;
  • Terreno: Ligeiramente irregular de pedras ao final da trilha;
  • Como chegar: Vindo carro desde o Centro de Conceição do Mato Dentro siga pela Avenida JK até o bairro Barro Vermelho. Saindo em direção ao Distrito de Tabuleiro, basta seguir as placas. Se tem GPS coloque Portaria do Parque Natural Municipal do Tabuleiro.  – Google Maps
  • Taxa de visitação: R$ 15,00 por pessoa
  • Horário de funcionamento: todos os dias das 8:00h às 17:00h.
  • Para mais informações acesse o Site da Prefeitura Municipal de Conceição de Mato Dentro AQUI    
  • E claro, para Guia indicamos o Rodrigo das Trilhas do Cipó:
Trilhas do Cipó - Receptivo turístico
Trilhas do Cipó – Receptivo turístico

Poção da Cachoeira do Tabuleiro acessível à todos

Um pouco de fôlego e disposição (e bons joelhos para encarar as escadarias haha) é tudo que você precisa para ver de pertinho a cachoeira do Tabuleiro. Estar próximo da terceira cachoeira mais alta do Brasil e a maior de Minas Gerais é deslumbrante.

E ai? Gostaram das dicas e informações dessa trilha? Deixe nos comentários sua opinião. Estamos aqui para te deixar mais informado nas próximas aventuras. Afinal, uma aventura bem planejada é bem melhor aproveitada.

Até a próxima!

Planeje sua próxima aventura com a gente!

Quando você adquire, compra, reserva ou aluga através de um dos links abaixo ou nos links do texto, você está nos ajudando a manter nosso trabalho sem pagar nada a mais por isso! Nós agradecemos o seu apoio e ficamos a disposição para ajudar você a programar sua próxima aventura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário aqui
Seu nome aqui

* Checkbox GDPR is required / Regulamento Geral de Proteção de Dados do Usuário

*

Eu aceito/ I agree