COMPARTILHAR

É tarde da noite e não consigo dormir. Daqui a pouco os primeiros raios do sol surgirão e terei que levantar e enfrentá-lo. Já sei a sensação, já o encarei antes algum tempo atrás, mas dessa vez a ansiedade (ou será que é medo?) tomou conta do meu corpo e não me deixa pregar os olhos. Bom, estamos aqui para isso, não é mesmo? E o novo encontro com o maior toboágua do mundo é inevitável.

É galera, só quem já foi no Aldeia das Águas Park Resort sabe bem do que eu estou falando. É ele que se destaca no horizonte e você consegue enxergar bem lá de longe antes mesmo de avistar a entrada do parque na BR393 no KM 270 em Barra do Piraí. Até para os fortes de coração, essa aproximação é gradativamente assustadora. Quanto mais próximo mais frio na barriga. 

DADOS DE ARREPIAR E DIGNOS DO LIVRO DOS RECORDES

Presença o “bichinho” tem de sobra e seu nome, homenagem ao ponto mais alto da África, não poderia ser melhor: KILIMANJARO.  A atração entrou para o Guinness book como maior toboágua do MUNDO! Com seus ousados 49,9 metros de altura (mais alto do que a estátua da Liberdade em Nova Iorque, dá pra acreditar??) e uma inclinação de 60º, o aventureiro que tiver coragem de desbravá-lo pode alcançar uma incrível velocidade de 100km/h. Desafiador, não acha?

Placa com relação de tamanho.

 

VAMOS DESBRAVAR O KILIMANJARO, O MAIOR TOBOÁGUA DO MUNDO

Vamos lá! No fundo do parque, avisto a placa: KILIMANJARO, siga em frente! Como se fosse impossível ver aquele gigante bem na tua cara – te encarando, te desafiando.

Sigo por algumas escadas de pedra no morro e já vejo a plataforma para o maior toboágua do mundo.

Olha, uma borboleta! Vou ficar aqui tirando fotos dela!

Não, Débora! Foco!

Então subo infinitos degraus! 11 lances de escada (sim – eu contei! Estava nervosa e essa foi uma maneira de tirar minha atenção do que viria – me julguem! rsrs). Tudo muito aberto. A paisagem ficando cada vez mais pequena ao meu redor…

Só me resta um lance de escada.

LÁ DE CIMA

Enfim, o topo!

Como venta! Essa plataforma está balançando mesmo ou é impressão minha??

Como é alto! Vou parar de olhar pra baixo…

Vista do alto da plataforma do maior toboágua do mundo

Há uma rampinha de madeira com dois degraus antes da entrada para o maior toboágua do mundo, mas ao lado percebo grupinhos se formando, corpos perceptivelmente tensos e caras apavoradas (e poucas de “encorajamento”).

Sem querer querendo é possível ouvir as péssimas tentativas de persuasão: “Vai (fulano), é tranquilo.” “Vamos amor, são só alguns segundos de queda!” (ouvi um rapaz falando para uma moça, que naquele momento estava agarrada no corrimão, quase chorando, não querendo descer) “Você consegue!” ou “Caraaa, você subiu até aqui, vai arregar mesmo? Não acredito!”.  Mas a maioria das respostas eram de recusa: “Não consigo!” “Não tenho coragem!” “Não desço nem morta!” “Tá doido?” ou um simples “Vou não.”.

“Pra quem está com medo, é um convite para desistir”

Vontade de abraçar a moça, passar a mão na cabeça dela e falar “te entendo, fico com você aqui em cima” (rsrs) mas meu lado aventureiro me chamava com mais força.

HORA DE DESCER O MAIOR TOBOÁGUA DO MUNDO – É AGORA OU NUNCA!

Respira.

Mais fundo.

Desacelera esse coração disparado! É só o maior toboágua do mundo que você vai encarar. SÓ!

E tá um calor do caramba – seria legal se molhar né?

Gopro na mão, marido avisado que pode começar a filmar.  Salva vidas alerta: “próximo!” e minhas pernas quase falham. Assim, em um piscar de olhos, já estou na boca do monstro.

Seguro na barra de segurança e adentro o maior toboágua do mundo. Solto e agora fazendo como se fosse deitar, seguro na próxima barra. Respiro e só escuto coração e água. Me solto e nem preciso me esforçar para sair do lugar, a água já tá me levando e agora não tem mais saída.

Ainda estou na parte fechada do túnel e sinto que minhas pernas começaram a cair. Grito! Mas meu grito é literalmente engolido pela velocidade da queda e os jatos d’água que minha descida está criando e lançando na minha cara. Rsrs

Confesso, quando você se sente caindo e desgrudando um pouco as costas bate um desespero, mas você percebe que tá viva e começa a curtir! Curtir muito mesmo.

EU ENCAREI O MAIOR TOBOÁGUA DO MUNDO, E VOCÊ?

A queda chega ao fim e vou perdendo velocidade até chegar na piscina de “recomposição”. Adrenalina ainda correndo no corpo. Olho pra trás e me sinto tão gigante quanto o maior toboágua do mundo que acabo de enfrentar.

Eu consegui! Eu sou f$%#! Eu tô viva e inteirinha!

“EU QUERO IR DE NOVO!!!”

E lá se foi todo o medo! A pilha até deu uma esvaziada. Mas antes de pensar em cochilar (ou comer – acho que deu fome também – gastei muita energia com a ansiedade) vou curtir o Kilimanjaro mais algumas vezes e desfrutar desse maravilhoso parque aquático.

É o maior toboágua do mundo, dá medo, mas é uma delícia!

Débora avista de longe o Kilimanjaro

SIDE WINDER

 

Side Winder – Mais de 10m de pura adrenalina

Já que demos aquela balançada no coração, bora continuar né? Logo ao lado do Kilimanjaro tem o SIDE WINDER, que é uma atração em formato de rampa de skate (em “U”, sabe?) de um pouco mais de 10m de altura onde você e seu parceiro de aventuras vão curtir em uma boia dupla. O mais leve vai com certeza ter mais emoção nessa atração, pois tem que descer na frente da boia e curtir toda a sensação da primeira queda. Você fica nesse vai e vem de subidas e quedas emocionantes por um tempinho até a boia perder velocidade e parar completamente.

Ó o gás!

YUPPIE

Um escorrega para adultos e crianças

Do outro lado do Kilimanjaro tem a rampa YUPPIE de 35m de comprimento onde você escorrega em uma boia até chegar em uma piscina no final.

E claro, você tem que descer gritando “yuppie” senão perde toda a graça!

AINDA NO PARQUE AQUÁTICO…

São 17 piscinas no parque e você tem que organizar seu tempo para conhecer e curtir todas! Tem a piscina de ondas no coração do parque que é uma delícia.

Tem as piscinas esportivas perfeitas para jogos aquáticos e vários playgrounds infantis criados com muita segurança para os papais deixarem as criançadas correndo soltas. Além dessa área voltada para os baixinhos (sim, estou incluindo minha pessoa nessa frase rsrs), a equipe Kaá Recreações realizam diversas brincadeiras para divertir a garotada.  Também tem os toboáguas do Snake Land agora de cara nova com pintura simulando serpentes e além de bonitos foram criados para incentivar a preservação ao meio ambiente. Bacana né?

Mas calma, os altinhos também têm seu cantinho! Para os adultos, há bares molhados para você curtir bebidas e alguns petiscos sem precisar sair da piscina além se serviços de spa e saunas.

Para os mais radicais, o parque também oferece: muro de escalada (do tamanho do Kilimanjaro – Irado!), arvorismo e uma tirolesa com mais de 300m de extensão.

Descendo a maior tirolesa do estado do Rio de Janeiro

E não sei para vocês, mas a gente adora terminar um dia de parque aquático só curtindo uma piscininha sem muita adrenalina, rsrs. E o Adeia das Águas Park Resort também oferece o Rio Corrente para você relaxar em família e curtir todo o visual natural ao seu redor.

O QUE MAIS O ALDEIA DAS ÁGUAS PARK RESORT OFERECE?

O empreendimento também disponibiliza outros serviços como: hotel, restaurantes, bares, centro de convenções e quadras poliesportivas para todo mundo aproveitar. Clique aqui para conhecer mais.

VILLAGE ALDEIA DAS ÁGUAS

Esse foi o encantador resort que nos acolheu. Ficamos em um quarto/apartamento duplex com tudo que você precisa para seu conforto. No primeiro andar tinha: cozinha com armários e frigobar para armazenar algum alimento ou bebida que você queira trazer de sua conveniência, uma sala de estar com t.v. e um sofá cama, e um banheiro completo (com secador para cabelos, mas esqueci o pente em casa ☹…e olha, ficar 3 dias em um lugar com piscina SEM pente foi OSSO). No segundo andar era o quarto com a cama de casal, criado mudo de cada lado, uma escrivaninha ampla e um armário. Tudo bem limpinho e bem confortável.

Também aproveitamos bastante a piscina do resort que tem área para as crianças e um bar molhado no centro.

Para alimentação a escolha foi “pensão completa”, o que significa que tivemos café da manhã, almoço e janta no hotel e te garantimos, essa é uma ótima opção, pois as cidades mais próximas são um tanto distantes e a comida do restaurante é uma DE-LÍ-CI-A!! Buffet completo liberado e sobremesas. Só bebidas que são a parte, e para isso existe o cartão “day user” que você carrega com dinheiro ou cartão de débito em alguns locais específicos e usa conforme necessidade. Ótimo para não ter que ficar carregando dinheiro e com risco de molhar! Detalhe: se você recarregar com dinheiro se houver saldo no final da sua estadia o valor pode ser devolvido, mas para recargar em débito não tem essa opção, então #ficaadica.

E sabe o que eu achei super bacana do Village Aldeia das Águas? Que você pode fazer o check out e continuar aproveitando toda a área de recreação do hotel naquele dia. Super maneiro, não acham?

VOCÊ PRECISA CONHECER O ALDEIA DAS ÁGUAS PARK RESORT

Ou se já conhece, há vários motivos para voltar, não acha?

Nós adoramos o convite e foi um imenso prazer poder compartilhar com vocês um pouco da nossa experiência!

E ai? Quando vamos voltar e encarar com vocês o Kilimanjaro, o maior toboágua do MUNDO, e aproveitar tudo que o Aldeia das Águas Park Resort tem para oferecer?? Vamoboraaaaa!!! 

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário aqui
Seu nome aqui