COMPARTILHAR
“Se o final valer a pena o caminho não importa” Essa frase resume perfeitamente a trilha para a Pedra da Tartaruga em Barra de Guaratiba e nosso estado emocional ultimamente.

O Passeio Vale a Pena

Sempre chegamos para fazer a trilha da Pedra da Tartaruga bem cedo. Ela tem um lugar especial em nossos corações, porque uma das primeiras vezes que fizemos uma trilha um pouco mais longa foi aqui.

Não sabia que era tão bom estar em contato com a natureza além de conhecer um lugar afastado de todo aquele agito de uma cidade grande como o Rio de Janeiro.

A trilha começa lá no alto do Morro de Guaratiba, após subir uma escadaria tremenda (que já me deixou cansado por estar algum tempo parado sem fazer nenhum tipo de atividade física) que fica lá no final da praia grande, seguimos para a esquerda até o final da rua e lá viramos para a direita para iniciar a trilha que leva até as praias selvagens de Guaratiba e Pedra da Tartaruga.

Placas indicando início da trilha para a Pedra da Tartaruga e Praias Selvagens
Vista do alto do Morro de Guaratiba

O caminho é bem largo, nós já nos sentimos em casa praticamente e apesar do caminho ter bastante terra em declive, tomamos os cuidados para não escorregar e posso dizer que não tivemos nenhum problema – além de um tombo que levei enquanto tentava enquadrar uma foto e pisei num buraco…

Sempre bem demarcado pelas pegadas das trilhas transcariocas, foi uma das trilhas mais tranquilas que fazemos, até chegarmos perto da praia do perigoso onde o caminho fica descampado e é chegada a hora de subir ela, a famosa Pedra da Tartaruga.

Subida bem inclinada e com bastante areia

A subida foi um pouco cansativa devido a inclinação bem acentuada da trilha até o topo da Pedra da Tartaruga. Aqui é preciso tomar muito cuidado pois o chão é bem irregular e com bastante terra, o que acaba facilitando o desequilíbrio e a possibilidade de escorregões.

Rapel na Pedra da Tartaruga

Já estivemos aqui diversas vezes, e sempre que vamos observamos diversos grupos diferentes de rapel. A Pedra da Tartaruga tem um dos maiores pontos de rapel negativo na cidade do Rio de Janeiro.

Aqui você pode descer os 40 metros de altura apreciando uma paisagem magnífica e de quebra ainda tirar umas fotos iradas! Fazemos esse passeio sempre a convite da equipe Desbravando Rio e é muito importante destacar o trabalho feito por eles aqui.

Por que Pedra da Tartaruga?

Pedra da Tartaruga Vista de Longe

O lugar recebe esse nome justamente por sua formação rochosa ser semelhante a uma tartaruga. De longe é possível ver o formato completo tanto do casco quanto da cabeça do animal. Juntando esses dois fatores seria impossível da pedra ter outro nome a não ser esse rsrs.

Chegar na Pedra da Tartaruga é fácil

A Pedra da Tartaruga vem se tornando um dos destinos mais procurados do Rio de Janeiro. Devido a sua trilha de fácil acesso, chegar até lá não é nenhum sacrifício e o visual que este lugar nos proporciona é coisa para nos fazer sentar pensar e refletir um pouco na nossa vida e no porque algumas pessoas preferem ficar ociosas em casa ao invés de explorar esse mundo.

Nascer do Sol
Rapel com Equipe Desbravando Rio
Visual em Cima da Cabeça da Tartaruga

Tempo de Trilha e Dificuldade

A trilha por completo leva em torno de 40 minutos a 1 hora de caminhada firme e podemos dizer que 85% desta é coberta, porém chegando ao seu final e na Pedra da Tartaruga o local é completamente descampado (fiquem atentos as dicas que vamos dar a seguir).

Alguns trechos você pode perceber que tem muita areia então é aconselhável que você vá com um tênis ou bota que tenha bastante aderência, não que seja impossível fazer esta trilha com um tênis de corrida, mas eu acredito que esta não é a melhor opção. Seguindo trilha adentro, você já consegue perceber o privilégio que é conhecer o Rio de Janeiro por um ângulo diferente. É inacreditável a conexão com a natureza que você presencia já desde o principio da trilha. Aqui estão algumas dicas do que você precisa para fazer sua trilha com mais segurança.

  • Protetor Solar
  • Vestimenta leve (de preferencia com proteção UV)
  • Calçado fechado de solado de borracha que adere ao chão.
  • Repelente (principalmente voltando na parte da tarde, tem bastantes mosquitos)
  • 1,5L de água por pessoa (no mínimo)
  • E algum alimento leve para manter a energia para a volta.

Como Chegar

De carro

Para ir de carro até a Praia Grande, em Barra de Guaratiba, você deve pegar a Avenida das Américas sentido Recreio dos Bandeirantes. Ao passar o Túnel da Grota funda, peque a segunda saída a direita e siga até o final da Estrada da Barra de Guaratiba.
Para quem vem de Campo Grande. Pegue a Avenida Don João VI e mantenha à direita para sair na Av. das Américas e depois pegar a Estrada da Barra de Guaratiba e seguir até o final.

De Ônibus 

Você deverá pegar o BRT sentido Guaratiba e sair na estação Ilha de Guaratiba. Quando chegar aqui faça a conexão no ônibus 874A ou 867 e vá até o ponto final.

!!ALERTA!!

Gostaríamos de usar nossa página também como um alerta amigável, pois presenciamos vários descuidos com lixo pessoal pelo caminho, principalmente na Praia do Perigoso, local mais próximo da Pedra da Tartaruga.

Cena realmente triste, pois lugares tão bonitos como esse, de livre acesso, um passeio sem custo nenhum…o mínimo que podemos fazer é ajudar a preservar. E não é pedir muito, apenas leve para a próxima lixeira os restos do que você trouxe, simples assim…e aproveite mais essa maravilha dessa linda cidade!! =D

Até a próxima aventura, galera!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário aqui
Seu nome aqui